Dicionário

11 de maio de 2016

#

180º – 1/2 rotação para a direita ou esquerda

360º – Uma rotação inteira

540º – Uma rotação de 360º e mais um 180º

720º – Duas rotação de  360º, ou seja, uma rotação de 720°

900º – Duas rotações e meia. O primeiro foi realizado por Tony Hawk, em 27 de Junho de 1999, nos X Games

5-0 –  Pronuncia-se “five-oh”. Grind com o truck na borda do obstáculo. Ex.: 5-0 Pivo Grind

50/50 – Grínd – onde ambos os trucks estão a estão em contato com a borda da pista “copping”

A

A –  Medida de dureza de rodas e amortecedores. Ex: 95A (- duro), 97A, 100A (+ duro)

AIR –  Quando o skate sai do chão sem o skatista dar ollie

Alley Oop  –  Quando uma manobra é feita na direção inversa daquela em que o atleta está a andar

AM –  Abreviação de amador, skatista não profissional

AMORTECEDOR – Usam-se dois por truck. São feitos de borracha e tem a forma de donuts. Encaixam-se no parafuso principal

AXLE –  É o eixo do truck. A barra de metal que fica dentro do truck. Onde se encaixa a rodinha. Com o tempo ele se desloca (slip)

 

B

 

B/S  –  Abreviação de Backside

BACKSIDE – Usado para descrever a direção da rotação. Back significa costas,  ou seja, é uma manobra onde você está de costas ao objeto ou então você vira as costas em direção à frente

BANKS – Construção em geral de concreto, no formato de conchas com a parte convexa para cima

BASEPLATE – base do truck

BEARING – Rolamento

BIGSPIN – Um 360º varial enquanto seu corpo gira 180º em backside

BLUNT – Posição em cima do obstáculo com o tail sobre a borda e as duas rodas traseiras no topo

BOARD – Shape

BONED – Empurrar o shape para fora e apontando para baixo quando estiver no ar

BORDA – O que o cooping é para as rampas, as bordas são para o street

BOWL – Construção de concreto no formato de uma cápsula, com a parte convexa para cima.

 

 

CANYON – Buraco de entrada do bowl que pode ser utilizado com obstáculo

CARVING – Curvas

CERA – Usado em objetos para oferecer mais deslize nas manobras

CHUPETA – Peça plástica que fica no truck, especificamente entre a base e o hanger, serve para o truck virar suavemente

COMP – Abreviação para competição

CONCAVE – A concavidade (angulação) do shape. Um bom concave ajuda na execução das manobras.

COMPENSADO – Madeira usada para fazer o shape, normalmente com 7 camadas

COOPING – Borda das pistas que pode ser de concreto, cano de pvc ou de ferro

CORNER – Cotovelo das pistas propício aos carvings

CROOKED GRIND – deslizar com o eixo da frente e com o nose do shape ao mesmo tempo, em diagonal ao obstáculo

CURB – Borda

CUSHION – São os amortecedores

 

D

 

DECK – Plataforma de madeira, shape

DISASTER – Colocam-se as rodas traseiras no topo do objeto com o tail na borda. As rodas dianteiras estão fora de contato com o objeto e para cima

DOWN-HILL –  Modalidade de skate onde se descem ladeiras. Velocidade é o principal atributo. Utiliza-se longboards e técnicas empecias para se andar.

Dropar – Entrar numa rampa ou obstáculo a partir do topo.

DROPIN – O tail fica na plataforma e a roda na borda da rampa,com o peso no tail, vai gradualmente movendo o peso para frente até descer na rampa. No Brasil se conjuga o verbo americanizado “dropar”.

 

E

 

EDGE – Borda, canto.

EXTENÇÃO – Parte acrescentada da pista.

 

F

 

FAKIE – Andando pra trás

Feeble Grind – O truck de trás está em contato com a borda da pista, o corpo está virado para o ferro ou obstáculo, inclinando o pé e forçando o skate a ficar em diagonal

FLAT – Parte plana sem inclinação

FLIP – Desenvolvido do Freestyle. É quando o skate gira (fica de ponta-cabeça e volta à posição normal).

FOOT – Pés, unidade de medida. Um pé (foot) equivale a 30 cm

FREESTYLE – Modalidade em chão plano sem obstáculos. Pouco visto hoje em dia, pois suas manobras foram para o Street e o Vert, o equilíbrio é o principal atributo

FRONTSIDE – Manobra onde você está de frente ao objeto ou então rotacional primeiro o peito a frente

FUNBOX – Um tipo de rampa utilizado em skate parks e competições, se parece com uma pirâmide. Normalmente tem corrimão

 

G

 

GAP – Distância entre duas calçadas,  telhado, ou qualquer outro espaço.

GOOFY – Você anda goofy se andar com o pé direito na frente e der impulsão com o pé esquerdo. O oposto de regular.

GRAB – Agarrar a prancha, com urna ou as duas mãos, em backside ou frontside

GRIND – Deslizar com os trucks sobre a borda de um objeto ou cano. Varials incluem: 50-50, 5-0, Nose, K-Grind, Smith, Sausage, Feeble e Slappy

GRIPTAPE – É a lixa, papel aderente auto adesivo, que tem a função de fricção para não se escorregar. Pode ser encontrada em várias cores até mesmo transparente e com desenhos

 

H

 

HALF PIPE – Meio tubo

HANDPLANT – Plantar bananeira com o skate, somente com uma das mãos

HANDRAIL – Corrimão

HANG UP – Queda ocasionada quando o eixo enrosca no cooping.

HANGER – Parte do truck onde se dá o grind, é onde sofre mais desgaste.

HEELFLIP – Ao realizar um Ollie, o calcanhar empurra a prancha para baixo junto à aresta, fazendo-a rodar debaixo dos pés

HELMET – Capacete

HIP- Quando duas rampas são colocadas juntas formando um angulo. À parte em que elas se encontram se chama hip.

 

I

 

INDYGRAB – Segurar o skate na frente de você com a mão traseira

INCH – Polegada, unidade de medida que equivale a 2,5 cm

 

J

 

JAM – Juntar seus amigos para uma session.

JUMP RAMP – Pequena rampa usada para dar ao skater alguma altura para a manobra

 

K

 

K-GRIND – Abreviação de Crooked Grind. Grind com o truck dianteiro sem estar com o shape por cima do objeto

KICKFLIP – Flip do shape como se você estivesse dando um chute

KICKTURN – Virar com as rodas traseiras, enquanto as dianteiras estão fora do chão

KINGPIN – O parafuso que segura o hanger, os amortecedores, e a base juntos.

KINK – Usado para descrever corrimões. Um kink é a mudança no angulo do corrimão

 

L

 

LAUNCHRAMP – Rampa sem vert, somente com a transição, para o skatista se lançar.

LIP – A borda no topo da rampa

 

M

 

MANUAL – Também chamado de wheelie, andar se equilibrando somente nas rodas traseiras

MCTWIST – 540° graus backside air com um mute grab, inventado por Mike McGill.

MELLONCOLLIE – Um ollie grab segurando o shape por trás com a mão dianteira.

MINIRAMP – Um tipo de half pipe só que menor, o miniramp não tem vert.

MONGO-FOOT – Estilo de andar onde se dá impulsão com o pé da frente.

 

N

 

NOCOMPLY – Coloca-se o pé dianteiro no chão e com o pé traseiro se dá um pop no shape. Existem muitas variações

NOLLIE – O mesmo que um Ollie, só que se bate o nose (parte da frente) em vez do tail (parte de trás)

NOSE – Parte da frente do shape, o oposto de tail

NOSEGRAB – Segurar o nose do shape com a mão dianteira

NOSEGRIND – Grind somente com o truck dianteiro

NOSESLIDE – Deslizar com o nose sobre o objeto.

 

O

 

 Olie – Um salto dado com o skate batendo com o tail da prancha no chão ou na superfície da rampa, fazendo-o elevar-se. Origem do nome: Alan Gelfend

 

P

 

PADS – Equipamentos de proteção

PIVOTCUP – No Brasil é conhecido como chupeta

PLATAFORMA – Superfície elevada e plana.

PLY – Abreviação de plywood,  significa madeira compensada.

POPSHOVEIT –  É um varial com ollie.

PRO – Abreviação de profissional,  atleta que é patrocinado. Normalmente tem sua própria assinatura no modelo de shape, e recebe pela porcentagem vendida.

 

Q

 

QUARTER-PIPE –  Basicamente um lado do miniramp ou half pipe com largura menor, usado para ganhar velocidade em uma linha, ou então para fazer manobras de rampa.

 

R

 

RAD  Abreviação de radical.

RADLANDS – Skatepark em Northampton, Inglaterra. Pertence a Chris Once. Local de competições mundiais.

RAILS – Parte debaixo do shape entre os trucks

RAILSLIDE – Slide com o meio do shape, também conhecido como boardslide.

REGULAR – Um skater que anda com o pé esquerdo à frente

RISER – Peça colocada entre o shape e o truck, ajuda a absorver o impacto das aterrissagens. São feitas de plástico ou borracha, usam-se dois por skate

ROCK SLIDE – Deslizar o shape do skate sobre qualquer superfície

ROCKANDROLL – Manobra de rampa. Suba no lip e empurre o truck dianteiro sobre ela, depois vire 180° grau e desça a rampa

ROLAMENTO – São usados dois por roda, no total oito por skate. O rolamento proporciona o movimento das rodinhas.

 

S

 

SADPLANT – Variação do handplant, onde você estica a perna dianteira

SAUSAGE GRIND – Segure o tail enquanto estiver dando um smith grind

SESSION – O ato de andar de skate

SHAPE – Madeira do skate

SHOEGOO – Borracha líquida em bisnaga para ser colocada no buraco do seu tênis.

SLICK – Camada de plástico colocada no shape, adiciona mais slide. Deixa o shape mais resistente porém pesados.

SLID – Derrapada

SLIP – Deslocamento do eixo, com isso uma roda fica mais apertada, e a outra fica frouxa

SMITHGRIND – Grind com o truck traseiro enquanto o truck dianteiro fica de lado. O centro do shape toca a borda do objeto

SNAKE – Grande pista de concreto no formato de uma serpente,as bordas, em geral são arredondadas.

SPACER – Peça de metal cilíndrica colocada entre os rolamentos dentro da rodinha, serve para prolongar a vida útil do rolamento

SPINE – Pirâmides ou mesas com transições

STAIN – Shape normal sem slick

STALEFISHGRAB – Segurar o shape por trás com a mão traseira

STANCE – A base que você anda no skate (Goofy ou Regular)

STREET – Rua

SWITCHSTANCE – Andar com a base trocada ou seja se você for regular e andar goofy, você estará andando switchstance.

 

T

 

Tail – Parte de trás do skate

TAILGRAB – Segurar o shape no tail com a mão traseira

TAILSLIDE –  Deslizar com o tail sobre o objeto

TECHNICAL –  Nome dado para manobras e estilos complexos, como varial flips, e variações

THRASHER – Revista de skate gringa.

TRANSIÇÃO –  Parte da rampa que liga o flat com o vert ou então que se inclina em uma direção para cima

TRANSWORLD –  Revista de skate gringa.

TRUCK – Peça que faz parte do skate e que une a prancha às rodas, servindo ainda para dar direção ao skate

 

V

 

VARIAL – Rodar o skate embaixo dos seus pés sem virar o corpo

VERT –  É Abreviação de vertical, parte vertical da rampa (90º)

 

W

 

WALLIE –  Andar de skate sobre um obstáculo

WALLRIDE – Andar numa parede vertical

WAX –  Cera

WHEE – Roda

WHEELSLIDE –  Diminuir a velocidade sem colocar o pé no chão. Pode ser chamado de derrapagem. No Brasil se fala somente slide. Pode ser feito backside ou frontside em vários graus (90/180/360).

WOOD –  Madeira, material usado na construção dos shapes. Se alguém se referir em wood shape, significa que ele não é slick.

WRISTGUARD – Equipamento de proteção para o pulso. Contém um pedaço de metal ou plástico, que se posiciona debaixo do pulso e palma, impossibilitando que ele se torça.

 

X

 

X GAMES –  Campeonato de esportes radicais, incluindo skate (street, vert double vert). Feito anualmente nos E.U.A., organizado pela ESPN.

 

Você tem mais alguma dica? Então mande para nós! Participe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *